Visto para fins de estudo

Aplicam-se aos casos de intercâmbio, licenciatura, mestrado, doutorado, pós doutorado, investigação científica, estágio não remunerado, voluntariado, estudante do ensino secundário e programas em estabelecimento de ensino.

 

A partir do dia 01/10/2018 entra em vigor o Decreto Regulamentar nº9/2018 destinado a regulamentar a Lei nº102/2017, que procedeu à quinta alteração da Lei nº 23/2007, relativa ao regime jurídico de entrada, permanência, saída e afastamento de estrangeiros do território nacional (Lei de Estrangeiros).

Com o novo diploma, os estudantes estão dispensados, num primeiro momento, das entrevistas presenciais. Em caso de dúvida na análise dos documentos, este Consulado-Geral poderá contactar qualquer requerente para prestar esclarecimentos, se assim, julgar necessário.

  • Foi alterado o procedimento para pagamento dos emolumentos dos requerentes de visto para fins de estudo. Leia atentamente as instruções abaixo.

Se pretender estudar em Portugal para realizar uma licenciatura, mestrado, mestrado integrado, intercâmbio de estudantes, ensino secundário, estágio profissional não remunerado, deverá realizar o pagamento dos emolumentos conforme tabela abaixo.

  • Clique aqui para consultar a tabela de emolumentos através do boleto bancário.
  • Para a realizar a emissão do boleto bancário e efectuar o respectivo pagamento, é necessário se cadastrar nos Serviços ONLINE, com o CPF do beneficiário do serviço. Clique aqui para se cadastrar e gerar o boleto bancário.

Se pretende realizar uma investigação científica, doutoramento ou pós doutoramento, estará dispensado do pagamento dos emolumentos.

Clique aqui para consultar os documentos necessários, bem como obter orientações para o envio dos documentos pelos correios.